Archive for the ‘Reflexões’Category

Reflexão do Lobo Antunes : Vaidade e Inveja

Com o passar do tempo, há dois sentimentos que desaparecem: a VAIDADE e a INVEJA. A inveja é um sentimento horrível.Ninguém sofre tanto como um invejoso. E a vaidade faz-me pensar no milionário Howard Hughes.Quando ele morreu, os jornalistas perguntaram ao advogado: «Quanto é que ele deixou?» O advogado respondeu: «Deixou tudo.» Nin…guém é mais pobre do que os mortos.

A. Lobo Antunes, in “Diário de Notícias (2004)”

01

03 2011

Discurso maravilhoso do Álex da Iglesia nos Goya 2011

A comunidade Online Espanhola anda a ferro e fogo com a Ministra da Cultura González Sinde. A razão deste conflito tem a ver com uma lei que a ministra quer fazer aprovar no parlamento Espanhol, de modo a que o governo tenha poderes absolutos para poder fechar um site, sem ter de passar por um tribunal. Ora os nossos vizinhos não estão de acordo com a Ministra, e muito bem, porque não faz sentido encerrar um site sem a ordem de um juiz.

A Ministra defende que com esta lei irá combater a pirataria online, fechando rapidamente determinados sites e comunidades de partilha de ficheiros. Aparentemente esta pode ser uma razão válida, mas os meios para atingirem o seu fim é que não são, e o resultado nunca será o esperado. É um mal precedente o governo, retirar decisões dos tribunais para o seu domínio. Esta lei abre um precedente grave contra a liberdade de expressão. Por outro lado esta lei não resolve absolutamente nada, porque podem fechar um site, mas logo se irão abrir mais 10 ou 20. A indústria ainda não aprendeu que o velho negócio de venda de CD’s ou de DVD’s já não existe. Acabou. Primeiro têm de aceitar este facto, seguidamente devem olhar para a Internet como o seu maior aliado Global, e tentar novas formas de divulgação e de “vender” a sua cultura, através de sistemas de venda inovadores e novos modelos de negócio.

Há alguns meses que um grupo de pessoas influentes online, que vão desde empresários , professores universitários, bloggers e outros, que lutaram para que esta lei não seja aprovada, reuniram-se com o Álex de la Iglésia em Madrid. Álex de la Iglésia é um famoso realizador Espanhol e presidente da Academia de las Artes y las Ciencias Cinematográficas de España, que inicialmente concordava com a Ministra, no entanto teve a  sapiência de organizar um encontro bilateral entre ele e um grupo representativo de pessoas que não concordavam com esta lei. Nessa reunião foi-lhe provado e demonstrado que esta lei era uma grande falácia, e sobretudo um precedente perigoso no toca à liberdade de expressão. O Álex que é um homem inteligente e com visão, rapidamente percebeu que estava errado e o que aquele grupo contestava, fazia todo o sentido do mundo. Como sinal de protesto o realizador demitiu-se das funções de Presidente da Academia.

Este Domingo realizou-se o evento Prémio Goya, organizado pela academia,  e que visa premiar o que melhor se faz de cinema em Espanha. O Álex de la Iglesia leu o seu último discurso como Presidente a Academia e apresentou o seu desagrado contra esta lei e anui que a Internet teria de ser o grande aliado do cinema.

Estamos numa fase de mudança, muito do que era verdade há cinco anos hoje já não o é, e muitos dos negócios que prosperavam e facturavam milhões estão condenados ao desaparecimento. O seu modelo de negócio está obsoleto e já não funciona. A música, cinema e os jornais são o grande exemplo desta mudança de paradigma. Poucos mortais vão alugar filmes ao VídeoClub ou comprar um álbum de música por uma fortuna. e que por vezes só estão interessados numa ou duas músicas.

Apenas aqueles que entenderem e se adaptarem a esta mudança de paradigma poderão sobreviver neste mercado!

14

02 2011

Michael Jordan

Some people want it to happen, some wish it would happen, others make it happen. Michael Jordan

12

02 2011

Estar errado é um das coisas mais certas que podemos fazer agora!

Recentemente participei no TedxYouth @ Porto e posso dizer que foi infinitamente inspirador. Esta foi uma das apresentações que mais me inspirou. Possivelmente foi uma das apresentações com que mais me identifiquei.

Não temos de seguir o rebanho! Não temos de fazer caso aos “Guardiões dos bons Costumes” ! Temos de seguir o nosso caminho. Temos de seguir os nossos sonhos e nunca o dos outros!

“Estar errado é um das coisas mais certas que podemos fazer agora” Carlos Coelho

14

12 2010

Abono de Família


Tenho algo a perguntar: Poderemos considerar o Abono de Família um subsídio. Faz sentido pagar um subsídio de 11€/ Mês a uma família que ganha acima dos 2500 € ?

Um subsídio não deverá de ser para famílias carenciadas ? Conheço pessoas, alguns deles empresários, que ganham bem acima dos 3000 € e, mesmo assim, ficam chateados por deixarem de receberem 11 € por mês.
Vejo famílias pobres que por várias razões não possuem ingressos suficientes para alimentar os seus filhos, esse sim é que devem ter direito ao Abono de Família e quiçá um aumento.

Preocupem-se antes com as famílias pobres que precisam do abono para sobreviver. Sem esse abono as crianças não terão as condições básicas de alimentação e de sobrevivência. Está na hora de deixarmos de olhar, apenas, para o nosso umbigo ( carteira ) e olharmos para a dos que estão em pior situação que nós.

20

10 2010

As oportunidades são raras e quando aparecem devemos de as agarrar sem duvidar!

Num mundo competitivo e “acelarado” como o que vivemos, todos os pormenores contam. As oportunidades são, cada vez, mais raras e quando aparecem devemos de as agarrar com todo o nosso ser, sem duvidar! Uma indecisão e lá se foi a oportunidade da nossa vida!

Isto aplica-se a todas as áreas da nossa vida, desde o Amor ao trabalho, e desde as empresas até aos investimentos financeiros. Sem mais rodeios deixo aqui a citação que me inspirou esta reflexão.

“A sorte é como o Tour de França, esperas todo o ano e depois passa num instante. As oportunidades devem ser agarradas rapidamente, sem duvidar!”

Amelie Poulain


17

10 2010